Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Copa 2014: Peças metálicas da cobertura da Arena da Amazônia começam a ser soldadas

Além das obras na arena, o Estádio da Colina segue dentro do cronograma com a concretagem dos degraus das novas arquibancadas

Montagem das peças metálicas da cobertura da Arena da Amazônia

Montagem das peças metálicas da cobertura da Arena da Amazônia começam em Manaus (ALFREDO FERNANDES-AGECOM)

A soldagem das primeiras peças da cobertura metálica da Arena da Amazônia começou nesta semana. Inicialmente as estruturas serão montadas no solo e depois içadas e fixadas nas bases de concreto, formando a fachada e cobertura do estádio. Cada módulo que será içado tem forma de um “X” e chega apesar até 70 toneladas.

No novo Estádio da Colina, um dos Campos Oficiais de Treinamento (COTs) que está sendo construído para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™, as obras estão em ritmo acelerado com a concretagem das primeiras arquibancadas e continuação dos trabalhos de fundações. A demolição do que restava do antigo estádio já foi concluída.

De acordo com o coordenador da Unidade Gestora do Projeto Copa (UGP COPA), Miguel Capobiango Neto, a previsão é que os primeiros módulos da cobertura sejam içados na próxima segunda-feira (10/6). “O processo todo é complexo, pois as estruturas são grandes e pesadas e precisam ser milimetricamente montadas e soldadas antes de serem fixadas. Quando começarem a ser içadas, darão o formato do projeto arquitetônico que é inspirado e um cesto de palha”, explicou o coordenador. Ainda de acordo com ele, o navio com o segundo carregamento das peças tem previsão de sair de Portugal até o fim da próxima semana.

A fachada e cobertura da Arena da Amazônia são compostas por uma única estrutura metálica com design semelhante ao trançado de um cesto de palha indígena. O peso total de toda a estrutura metálica é de aproximadamente 6,67 mil toneladas. Atualmente a Arena da Amazônia está 62% construída.

Obras aceleradas na Colina

As obras do Estádio Ismael Benigno, o Estádio da Colina, na Zona Centro-Oeste de Manaus, estão 11% concluídas e a montagem dos degraus da arquibanda D, localizada ao lado esquerdo do portão de entrada, começou nesta semana.

Atualmente, cerca de 100 operários trabalham no canteiro de obras e avançam na colocação das estacas que servirão de apoio para construção dos pilares das futuras arquibancadas. Após esta fase, começa a montagem dos degraus e concretagem das estruturas. Ao todo, cerca de 40 pilares já foram erguidos.

Segundo Capobiango, as obras estão dentro do cronograma e a concretagem vai durar em torno de quatro meses. O novo estádio terá capacidade para 10,4 mil espectadores e terá sala de imprensa, vestiário, academia e setor médico, além de lanchonetes, bares e banheiros projetados para utilização pública. As obras do Estádio da Colina estão orçadas em R$21 milhões, com investimento do Ministério do Turismo, em contrapartida com o Governo do Amazonas. O estádio será entregue em dezembro deste ano.

Confira galeria de fotos aqui.